Visitar São Paulo como um local – Paulo Santos

Amigos pelo Mundo
Paulo Santos – São Paulo, Brasil

Conheci o Paulinho em Pacasmayo, Peru. Estávamos em 2007 e, na altura, eu estava a fazer uma viagem à volta do mundo e ele estava de férias com a sua mulher. Foi uma história engraçada. Um dia de manhã, ligaram de Recepção para o meu quarto no Hotel La Estacion a dizer que estava alguém à minha procura. Pensei que poderia ser o Roger, um brasileiro que tinha conhecido uns dias antes e com que partilhei algumas horas de surf na onda de El Faro. Mas não era. Era esta “cara” que eu não conhecia e estava ali a perguntar por mim.

– André? Olá, eu sou o Paulo. Conheci o Roger ontem e ele me falou de que você estava pensando ir para Chicama. Eu estou indo agora mesmo e vim te procurar para saber se quer carona com a gente.

Uau! Que “cara gente fina”. Sem me conhecer, vem de propósito procurar-me ao hotel apenas para me dar boleia porque alguém lhe falou de mim. – pensei eu enquanto arrumava, à pressa, as minhas coisas para sair! :)

Amigos de São Paulo em Pacasmayo
Cláudia, Paulo, Roger e eu. Uma foto para a prosperidade de quatro pessoas que, momentaneamente, foram os melhores amigos! :)

E assim foi. Fui com o Paulinho e com a Cláudia estrada fora e, durante a curta viagem, fomos conversando e nos conhecendo um pouco. Era o último dia deles no Peru mas ainda havia tempo para uma surfada na onda mais comprida do mundo! Nessa tarde, surfamos os três durante horas (eu, o Paulinho e o Roger – que, entretanto, já estava em Chicama) naquele carrossel gigante de Puerto Malabrigo, enquanto a Cláudia tirava algumas fotos. Durante aquele dia, nós fomos os melhores amigos!

Quem é o Paulinho

Nome: Paulo Santos
Idade: 42 anos
Profissão: Empresário
Hobbies: Viajar, surf, SUP e snowboard
Família: Mulher e filha
De onde és originalmente: São Paulo, Brasil
Há quanto tempo estás a viver em São Paulo: Desde que nasci

Paulo Santos - São Paulo, Brasil

Sempre viveste em São Paulo? Conta-nos um bocadinho da tua história.

Sou nascido em São Paulo e sempre vivi aqui. Já morei em alguns bairros em diferentes regiões da cidade e, mesmo sendo uma das maiores cidades do mundo, posso dizer que a conheço relativamente bem.

Como é o teu dia-a-dia em São Paulo?

Tenho uma rotina durante a semana como a de quase todos, com o dia dedicado ao trabalho e, à noite, uma dedicação maior à vida pessoal e à família. Nos finais de semana, costumo sair da cidade, geralmente para a praia, mas também costumo variar e sempre estar aberto a conhecer lugares novos.

Para alguém que viaje em turismo, qual a zona que aconselhas para ficar em São Paulo?

Bairros de São Paulo

Alguns dos melhores bairros para se hospedar são: Jardins, Itaim e Moema. A região de Pinheiros e Vila Madalena também são excelentes opções, onde além de hotéis pode também encontrar hostels, flats e apartamentos de aluguer por temporada, tipo Airbnb. A cidade é muito grande e ficar em algum dos extremos pode fazer com que seu dia-a-dia fique inviável. Por isso, é fundamente ficar bem localizado ou, pelo menos, não ficar muito distante do que se pretende visitar.

Ver alojamentos em São Paulo

 

Qual é a melhor forma e mais segura de nos deslocarmos em São Paulo?

Hoje em dia, o Uber e outros aplicativos como 99Taxi são a melhor forma para se movimentar em São Paulo. Porém, e dependendo da zona, o metrô também é uma boa alternativa. Neste caso, convém evitar os horários de pico, ou seja, antes das 10:00 da manhã e entre as 17:00 e as 20:00.

Metro em São Paulo
Foto de Diego3336 no Visualhunt

Recomendas alguma zona ou restaurantes específicos para comer em São Paulo?

São Paulo é uma referência, até mesmo mundial, em termos de gastronomia, e a região de Pinheiros merece destaque. São centenas de restaurantes, para os mais variados paladares e bolsos. Desde restaurantes mais sofisticados até comidas de rua, existem inúmeras possibilidades. Recomendo fazer uma busca de acordo com o gosto pessoal para definir onde ir. Mas se quiser simplificar, se perder pelas redondezas da Rua dos Pinheiros é uma boa pedida.

Saindo um pouco do mais óbvio, na região central, uma boa experiência é o Esther Rooftop. A vista é incrível, mas não vá sem fazer antes uma reserva.

Esther Rooftop, São Paulo

Se há algo realmente típico da culinária paulista, é a pizza. Já comi pizza em diversos lugares pelo mundo, e posso afirmar que em São Paulo é possível comer a melhor! A minha predileta é feita no Galpão da Pizza. Existe também uma rede que possui diversos endereços pela cidade, que é a Bráz Pizzaria.

Comer pizza em São Paulo

Quais são os locais e actividades “obrigatórios” para conhecer e fazer em São Paulo?

Explorar o bairro de Pinheiros e a Vila Madalena é um “must go”, uma atmosfera que lembra o Soho, muitas atividades ao ar livre, local seguro, muito agitado em qualquer dia ou horário, uma experiência imperdível na cidade. Na internet é possível achar informações e guias em qualquer idioma sobre a região, especialmente a Vila Madalena. O Parque do Ibirapuera é um local tão importante quanto óbvio, vale a visita especialmente durante a semana quando não é tão lotado – assim como a Avenida Paulista aos Domingos.

Beco do Batman, São Paulo
O famoso Beco do Batman, em Vila Madalena.
Parque do Ibirapuera, São Paulo
Parque do Ibirapuera.

E para sair à noite em São Paulo, onde recomendas ir?

Novamente, a região de Pinheiros e Vila Madalena possuem destaque especial na noite de São Paulo. Bares, restaurantes e night clubs, tudo num mesmo lugar. Nesta região, algo não óbvio para quem quer um passeio nocturno de qualidade, recomendo comparecer algum evento na bowlhouse de Pinheiros. Um skatepark onde acontecem shows e eventos culturais. Consulte a agenda na página de Instagram deles. Vale também consultar a agenda de shows na cidade, especialmente os que acontecem no Allianz Parque e no Espaço das Américas.

Bowlhouse, São Paulo

Que praias perto de São Paulo recomendas para uma escapadinha ou para passar alguns dias?

Se o desejo for ir para a praia, há locais relativamente perto da cidade, como Santos e Guarujá. Porém, vale muito a pena se deslocar um pouco mais e ir para outras regiões. Seja qual for a praia que deseja conhecer, se puder evite feriados e finais de semana, especialmente para ir e vir, pois as estradas costumam ficar bem cheias nestes períodos.

São Sebastião

Maresias

Lindas praias, bons hotéis e hospedagens em geral, restaurantes e vida nocturna intensa. Destaque para Maresias, Camburi, Juqueí e região. Ideal para a prática do surf.

Hotéis em São Sebastião

 

Ilhabela

Ilhabela, São Paulo
Ilhabela. Foto de Ana Paula Hirama no Visualhunt.com

De acesso um pouco mais difícil que a região de São Sebastião, porém vale cada minuto a mais de viagem. Também possui muitas praias e boa estrutura.

Hotéis em Ilhabela

 

Ubatuba

Surf em Ubatuba, São Paulo
O Paulinho a divertir-se em Ubatuba!

Um pouco mais longe, cerca de 4 horas de São Paulo. Uma cidade de mais de 100 praias para todos os gostos e perfis, desde praias mais calmas e paradisíacas, como praias propícias para a prática do surf.

Hotéis em Ubatuba
 
Planeie a sua viagem com estas ferramentas
Faça como eu! Estas são as ferramentas que utilizo no planeamento e preparação das minhas viagens. Ao utilizar os links abaixo, poderá ter alguns benefícios e, ao mesmo tempo, ajuda-me a manter o blog sem pagar nada mais por isso.
Pesquisar voos
Pesquise os seus voos num agregador como o Skyscanner ou o Momondo.
Alojamento
Reserve o seu hotel, hostel ou guesthouse no Booking ou no Airbnb.
Seguro de viagem
Não arrisque! Faça sempre um bom seguro de viagem com a World Nomads ou a Globelink.
Tours e bilhetes
Encontre um tour à sua medida e compre bilhetes para atracções no GetYourGuide.
Rent-a-car
Consiga os melhores preços de aluguer de carros na Rentalcars ou na Economy Car Rentals.
Cartões Bancários
Poupe nas taxas de levantamentos em viagem com os cartões Revolut ou N26.
WiFi e Internet Móvel
Tenha internet ilimitada em qualquer país do mundo com o Skyroam.

Deixe um comentário