Guia prático e essencial para visitar as Ilhas Cíes

As Ilhas Atlânticas da Galiza

O pequeno arquipélago das Ilhas Cíes está localizado na Galiza, em Espanha, praticamente à saída da Ria de Vigo, e faz parte do denominado Parque Nacional Marítimo Terrestre das Ilhas Atlânticas da Galiza. Os outros dois arquipélagos que completam o Parque Nacional são os de Salvora e Ons.

O arquipélago das Cíes é constituído por 3 ilhas: Monte Agudo, Faro e San Martiño. As duas primeiras, as que são possíveis de visitar por barco público, estão ligadas pelo longo areal da praia de Rodas e por um caminho feito pelo homem numa das extremidades do lago. A terceira só é possível aceder de barco privado.

Quando visitar as Ilhas Cíes

A janela de calendário para visitar as Cíes é curta. Nomeadamente, só existem barcos frequentes durante os meses de verão (Jun-Set) e, fora dessa época, as viagens são muito esporádicas (páscoa, feriados, dias festivos, etc) ou totalmente inexistentes. Por outro lado, o clima nesta região de Espanha é agreste no Outono e Inverno, pelo que nunca seriam boas épocas para visitar as ilhas.

Como chegar às Ilhas Cíes

Para quem não tem a sorte de ter um barco próprio, a única forma de chegar às Cíes é de ferry boat a partir de Vigo, Baiona ou Cangas. Existem três companhias a fazer estes trajectos e os bilhetes podem ser comprados através da Civitatis ou nos sites de cada.

» Mar de Ons
» Piratas de Nabia
» Cruceros Rías Baixas

Apesar de haver diferentes horários ao longo do dia (especialmente na temporada alta de Julho e Agosto), a minha recomendação é reservar sempre com antecedência, pois o número de visitantes diários é limitado e há sempre muita procura. Por outro lado, isso evita perdas de tempo nas bilheteiras e no porto.

O trajecto demora cerca de uma hora e, apesar de poder estar algum vento, é sempre tranquilo uma vez que estamos a navegar em ria (sem ondas) e não em mar aberto.

barco ilhas Cies

Pedido de autorização

Com o objectivo de controlar e limitar o número de pessoas que visitam diariamente as Ilhas Atlânticas, é necessária uma autorização administrativa prévia. Esta autorização gratuita deve ser pedida em https://autorizacionillasatlanticas.xunta.gal

Como chegar a Vigo

Vigo é o principal porto de partida e chegada para as Ilhas Cíes e forma mais prática de lá chegar dependerá, principalmente, do ponto de partida inicial de cada um e se temos ou não transporte próprio.

De carro
É, naturalmente, a forma mais prática. No próprio edifício do Porto de Vigo, por baixo das bilheteiras, existe um parque de estacionamento subterrâneo. Simples, prático mas não propriamente barato (13-15 Euros por dia completo). No GPS ou no Google Maps pesquise “Real Clube Náutico de Vigo” para ir lá dar direitinho. Se precisar de alugar um carro em Portugal ou Espanha, pesquise aqui.

De comboio ou autocarro
Desde Portugal e de outras cidades espanholas existem diversas opções de comboio ou autocarros. Para pesquisar e comprar online, pode utilizar a plataforma Omio.

De avião
Vigo tem aeroporto e, dependendo do ponto de origem, o avião pode ser uma opção. Para pesquisar voos para Vigo, utilize o seguinte link: Pesquisar voos

Não esquecer que o fuso horário em Espanha é de +1 hora em relação a Portugal

Onde dormir em Vigo

Se decidir dormir em Vigo no dia anterior ou ficar para o dia seguinte, escolha um destes hotéis bem localizados.

» Hotel Ogália
» Maroa Hotel
» AC Hotel Palacio Universal
» Hostal La Colegiata
» Hotel Compostela

Onde dormir nas Ilhas Cíes

É possível dormir na ilha, num parque de campismo com uma vista fantástica sobre a lagoa. Existem tendas com camas para alugar ou pode-se levar a própria tenda (mais barato). Este é o único alojamento disponível nas ilhas e a reserva é obrigatória.

Para saber os preços, fazer reserva e obter mais informações, pode consultar o site do parque seguindo o link Parque de Campismo Ilhas Cíes. A reserva no Parque de Campismo já inclui a autorização, pelo que neste caso não precisa de a pedir.

No caso de ficar a dormir, tente não levar muita coisa. Desde o cais de desembarque até ao camping é cerca de 1 km e, apesar de haver alguns carrinhos, o mais provável é ter que carregar com a bagagem!

Camping Ilhas Cies

Pernoitar com barco próprio

Para pernoitar em barco próprio perto das ilhas, é necessário pedir uma autorização de ancoragem, que pode ser feito através do site http://www.iatlanticas.es

Onde comer nas Ilhas Cíes

Há dois ou três restaurantes ou cafetarias nas Ilhas Cíes, nomeadamente ao lado do cais e no parque de campismo (aberto ao público em geral) mas os preços não são especialmente amigáveis e podem ter muitas filas.

Para quem vai apenas passar o dia, o ideal é mesmo levar na mochila alguma comida leve para fazer um picnic num dos diversos locais preparados para o efeito ou, simplesmente, ir comendo e bebendo à medida que a barriguinha o pedir!

Atenção: Nas ilhas não há contentores nem caixotes do lixo. Deve ir preparado para trazer tudo de volta ao continente.

O que fazer nas Ilhas Cíes

As duas principiais actividades para se fazer nas Cíes são estar na praia e fazer caminhadas. Ambas são gratuitas! :) Depois, existem algumas actividades “extra” como paddle surf, percursos guiados em kayak, mergulho e snorkeling. Para saber mais sobre estas actividades, pode consultar os respectivos sites Surf Vigo e Camping Islas Cíes.

Praias

A Praia de Rodas, considerada pelo jornal inglês The Guardian, em 2006, como a mais bonita do mundo – aqui entre nós, com algum exagero – consiste num extenso areal que une as duas ilhas (Monte Agudo e Faro). É, de facto, bonita e boa para banhos… mas é a que, normalmente, tem mais gente e a que está mais exposta ao vento Norte, o mais habitual naquela zona. Na ponta Sul do grande areal, fica a Praia dos Bolos.

Lagoa

A Praia de Figueiras é bastante mais pequena que a de Rodas e, também, mais abrigada do vento. Óptima para banhos, é uma praia classificada como “Praia Nudista”.

A Praia de Nosa Señora é uma praia muito pequena virada a sul, pelo que é a mais protegida das nortadas que costumam soprar durante a tarde. Excelente para mergulhos, com água verde cristalina, é onde também os iates e veleiros costumam ancorar para passar a noite.

Praia nas Ilhas Cies

A Praia de San Martiño será, provavelmente, a mais sossegada delas todas, uma vez que se situa na ilha com o mesmo nome e só se consegue aceder de barco privado.

Não esquecer de levar toalha e protector solar!

Trilhos pedestres

Existem 4 percursos possíveis para fazer e todos estão devidamente marcados no local e num pequeno mapa que se pode levantar no Ponto de Informação à chegada às ilhas. O mais longo e exigente é a Ruta del Faro de Cíes, que demora cerca de 2h30-3h ida e volta e tem um desnível de 175 metros.

Trilhos pedestres

No decorrer destes passeios, poderá avistar diversos animais (aves marinhas, pequenos répteis, coelhos, peixes, etc) e flora. Se for com o objectivo de fazer caminhadas, não se esqueça de levar sapatilhas, pois os chinelos de praia não são muito apropriados para este tipo de actividades.

Planeia a tua viagem com estas ferramentas

Voos

Pesquisa os teus voos no Skyscanner

Seguro de viagem

Faz um seguro de viagem com a IATI Seguros (usa este link para 5% desconto)

Alojamento

Reserva o teu hotel, hostel ou guesthouse no Booking

Tours e bilhetes

Marca tours e compra bilhetes para atracções através do GetYourGuide ou Civitatis

Rent-a-car

Consegue os melhores preços no aluguer de carros com a DiscoverCars ou Rentalcars

Transfers

Marca o teu transfer do aeroporto com a Welcome Pickups ou GetTransfer

Vistos e documentos

Trata do visto e outros documentos de viagem com a iVisa

Consulta do Viajante

Faz a tua consulta online com a Dra Andreia Castro (usa o código tempodeviajar para 5% desconto)

Cartões bancários

Poupa nas taxas de levantamento com os cartões Revolut, Curve ou Wise

Internet

Tem sempre internet em viagem com a Airalo ou Holafly

Ao utilizar estes links poderás beneficiar de alguns descontos e vantagens e eu poderei ganhar uma pequena comissão. Desta forma, estás a valorizar o meu trabalho e a ajudar-me a manter o blog, sem pagar nada mais por isso.

110 comentários em “Guia prático e essencial para visitar as Ilhas Cíes”

Deixe um comentário