Kit de Viagem

seguro de viagem

Como escolher e comprar um Seguro de Viagem

Uma das coisas mais importantes no planeamento de uma viagem é, na minha opinião, a escolha e contratação de um bom Seguro de Viagem. Ou, dizendo de outra forma, de um seguro de viagem adaptado ao contexto e necessidades de cada um. Uma coisa é certa: viajar sem seguro de viagem é uma grande asneira!

Porquê fazer um seguro de viagem

Lei de Murphy: “Se alguma coisa pode correr mal, vai correr mal.”

Provérbio: “Os azares não acontecem só aos outros.”

Muita gente prefere nem sequer pensar em desgraças e, por isso, acaba por desprezar a utilidade e importância de um seguro de viagem. Mas a verdade é que elas acontecem e podem causar muito danos físicos e/ou materiais.

Se tiverem um acidente grave ou um ataque cardíaco na índia, querem ir parar a um hospital público ou privado? E, no caso de ser preciso uma evacuação de emergência, quanto é que isso pode custar? 50.000 Euros? 100.000? É verdade que um acontecimento de tal magnitude tem uma probabilidade relativamente baixa de acontecer. Mas, quando acontece, os efeitos podem ser gravíssimos.

Mas nem é preciso ir tão longe e pensar apenas em eventos catastróficos. Um bom seguro de viagem pode ajudar-nos muito em situações mais habituais do dia-a-dia de uma viagem: um furto da máquina fotográfica, um atraso num voo e perda da ligação para o destino seguinte, desvio ou danos nas bagagens, uma constipação, gripe ou febres altas, uma intoxicação alimentar, etc.

Mesmo assim, ainda há muita gente que continua a viajar sem seguro. São capazes de pagar 800 ou 1.000 Euros pelo voo para o outro lado do mundo, gastar outro tanto em alojamento… e ainda ir “queimar” mais umas dezenas no skybar do hotel com a melhor vista sobre a cidade. Mas não investem 100 Euros num bom seguro de viagem. Não faz sentido!

Que coberturas deve incluir um seguro de viagem

As coberturas que considero “obrigatórias” são as relacionadas com a saúde e a segurança física. São as situações mais graves, que podem colocar a nossa vida em risco e, normalmente, as que atingem valores mais elevados. Leia sempre muito bem os detalhes e montantes das coberturas dos seguros que está a analisar.

Seguro de viagem aventura

Coberturas obrigatórias

Todas as despesas médicas: hospitalização, tratamentos, operações, medicamentos, dentista, seja por motivo de doença, acidente ou prática de desportos de aventura e actividades radicais, etc. Os montantes de cobertura devem ser muito elevados ou mesmo ilimitados.
Transporte médico, evacuação, repatriamento e despesas de acompanhante: por motivo de acidente, doença, terrorismo, desastres naturais, morte, etc. Os montantes de cobertura devem ser muito elevados ou mesmo ilimitados.

Coberturas desejáveis

Cancelamento, interrupção e continuação da viagem
Atrasos, cancelamentos, perda de voos de ligação e outros transportes
Bagagem, documentos e artigos pessoais: atraso ou roubo da bagagem, artigos electrónicos, passaporte, cartões bancários, dinheiro, equipamento desportivo, etc

Coberturas facultativas

Franquia de seguros de rent-a-car
Danos físicos ou de propriedade contra terceiros
Outras

Que tipos de seguros de viagem existem e qual o mais adequado

Existem vários seguros de viagem no mercado, com diferentes preços e coberturas (tipos e montantes), e nem sempre é fácil escolher o mais adequado. Na realidade, não há uma solução universal e isso vai depender de diversos factores, como por exemplo:

Destino e respectivas condições de segurança: há países onde os assaltos e/ou a violência são mais frequentes, há zonas do globo mais sujeitas a terramotos e tsunamis, etc.

Natureza e duração da viagem: uma viagem de duas semanas com um grupo organizado e tudo planeado apresenta muito menos riscos do que uma viagem solitária de seis meses e planeada de forma independente.

Tipo e valor da bagagem que se transporta: quem, como eu, viaja normalmente com equipamento desportivo (pranchas de surf), computador, máquina fotográfica e de filmar, smartphone e mais não sei quantas coisas, precisa de um seguro com boas coberturas neste tipo de artigos.

Condições de saúde de cada um: alguém que, por exemplo, tenha alguma doença crónica ou uma condição geral de saúde mais debilitada, poderá precisar mais vezes de assistência médica e em melhores condições durante a viagem.

Meios de transporte que se vai utilizar: andar de autocarro público no Peru ou na Índia, de tuk-tuk no Sri Lanka ou alugar uma scooter em Bali ou na Tailândia é seguramente mais perigoso do que apanhar um avião ou um transfer privado.

Actividades que se vai realizar: ficar uma semana estendido(a) na praia tem, obviamente, menos riscos do que fazer passeios e/ou actividades ditas de radicais como, por exemplo, safaris, trekkings, balonismo, surf, canoagem, bungee jumping, etc.

Assim, tendo em conta estes e outros factores, cada pessoa deverá analisar o nível de risco da sua viagem e, consequentemente, as suas necessidades em termos de seguro. Genericamente, existem 4 tipos de seguro de viagem:

1. Seguro de viagem associado a um cartão de crédito

seguro de viagem do cartão de crédito

Muitos cartões de crédito têm vários serviços associados que os clientes nem conhecem. E um dos mais comuns é, precisamente, o seguro de viagem. Antes de comprar a viagem, verifique se o seu cartão de crédito inclui este benefício (consulte o site do seu banco ou telefone para a linha de apoio). Se sim, utilize-o para fazer o pagamento da viagem – do pacote completo ou dos voos – e, a partir desse momento, está coberto pelo seguro associado ao ser cartão! Estes seguros são algo limitados mas podem ser suficientes para algumas viagens simples e de curta duração. Clique no link para conhecer os melhores cartões para poupar em viagem.

2. Seguro de viagem incluído num pacote turístico

seguro de viagem pacotes turisticos

Os pacotes de férias comprados e organizados por agências de viagens, sejam em grupo ou individuais, costumam incluir o seguro de viagem. Apesar de, normalmente, serem mais completos que os dos cartões de crédito, estes seguros também tendem a cobrir apenas alguns items básicos e com valores, algumas vezes, muito limitados.

Verifique se os items e montantes de cobertura são adequados e suficientes para si e para o contexto da sua viagem. Se forem, excelente, não precisa fazer mais nada! Se não forem, pode e deve equacionar fazer um seguro extra.

Agências em Portugal Agências no Brasil
Logitravel Submarino Viagens
eDreams Decolar
Abreu CVC

3. Seguro de viagem standard de companhias de seguros

Seguro de viagem Portugal e Brasil

Várias companhias de seguros nacionais e internacionais têm na sua oferta um seguro específico para viagens. No que respeita à natureza e montantes de cobertura, estes seguros costumam ser bastante similares aos incluídos nos pacotes turísticos. Assim, ainda que não muito completos, poderão ser suficientes para uma viagem normal de férias organizada de forma independente.

Para fazer um destes seguros, basta dirigir-se ao balcão de uma destas seguradoras, ligar para a sua linha comercial ou pedir um contacto através da sua página de internet.

Seguradoras em Portugal Seguradoras no Brasil
Fidelidade Seguros Promo
Allianz Global Assistance Mondial Travel
Liberty Real
InterMundial Vital Card
Código de desconto: Utilize o código “tempoviajar” para ter 15% de desconto no seguro de viagem da Allianz Global Assistance.

 

4. Seguro de viagem para mochileiros, viagens de aventura e longo prazo

seguro de viagem mochileiros

Para viagens prolongadas (volta ao mundo, ano sabático, voluntariado, mochileiros, nómadas digitais, etc) e/ou viagens que incluam a prática de actividades de aventura ou desportos radicais, existem seguros especializados. Estes seguros são bastante mais completos que os anteriores. Além dos montantes cobertos serem mais elevados costumam incluir “tudo e mais alguma coisa”, nomeadamente items que raramente são cobertos pelos seguros tradicionais.

Seguros de viagem especializados
World Nomads
Globelink
Marco Polo

Estes são os top dos seguros de viagem e podem ser contratados online de forma muito simples e segura. Além disso, se e quando for necessário accionar as coberturas, os processos costumam ser rápidos e eficientes, sem tentativas de fugir às responsabilidades e com um surpreendente bom senso relativamente aos meios de prova.

O que eu uso sempre é o da World Nomads, que é também o mais referenciado e recomendado pelos sites e agências especializadas neste tipo de viagem. Outras duas boas alternativas são o Globelink e o Marco Polo.

Conclusão

A partir de agora, não se esqueça! Sempre que for viajar, avalie bem os seus riscos e necessidades e seleccione o seguro que for mais adequado para si.

Mas nunca viaje sem um Seguro de Viagem!

 
Planeie a sua viagem com estas ferramentas
Faça como eu! Estas são as ferramentas que utilizo no planeamento e preparação das minhas viagens. Ao utilizar os links abaixo, poderá ter alguns benefícios e, ao mesmo tempo, ajuda-me a manter o blog sem pagar nada mais por isso.
Pesquisar voos
Pesquise os seus voos num agregador como o Skyscanner ou o Momondo.
Alojamento
Reserve o seu hotel, hostel ou guesthouse no Booking ou no Airbnb.
Seguro de viagem
Não arrisque! Faça sempre um bom seguro de viagem com a World Nomads ou a Globelink.
Tours e bilhetes
Encontre um tour à sua medida e compre bilhetes para atracções no GetYourGuide ou no Viator.
Rent-a-car
Consiga os melhores preços de aluguer de carros na Rentalcars ou na Economy Car Rentals.
Cartões Bancários
Poupe nas taxas de levantamentos em viagem com os cartões Revolut ou N26.
WiFi e Internet Móvel
Tenha internet ilimitada em qualquer país do mundo com o Skyroam.

Siga-me no Instagram


518 Partilhas

, ,

No comments yet.

Deixe o seu comentário