Kit de Viagem

nicaragua

Destinos, roteiros e itinerários na Nicarágua

Nicarágua, a jóia esquecida da América Central

Durante muito tempo, a Nicarágua esteve meio “ofuscada” em termos de turismo. Por um lado, por causa da instabilidade social e consequente noção de insegurança e, por outro, porque os vizinhos Costa Rica e Panamá foram sendo capazes de captar mais atenção e turistas para dentro das suas fronteiras.

Actualmente, já não é segredo nenhum que a Nicarágua é um excelente destino de viagem. De qualquer forma, é ainda um país principalmente procurado por viajantes independentes, aventureiros e surfistas, que procuram fugir um pouco dos destinos de massas e gostam de andar por países com menos estrutura.

San Juan del Sur

San Juan del Sur, Nicaragua

San Juan del Sur é um bocadinho uma “party town”, que recebe muitos jovens e estudantes em férias, particularmente americanos, mas também algumas famílias. Mais do que a cidade em si, que na realidade é bastante simpática, acho que as praias próximas e mais selvagens, como Playa Marsella, Playa Maderas ou a Bahía Majagual são o seu maior atractivo. É um bom local para aprender a fazer surf, pois há várias escolas que incluem todo o material e transporte para as praias. Chega-se facilmente a San Juan del Sur de autocarro desde Rivas ou, para quem vem da Costa Rica, desde a fronteira de Penãs Blancas.

Ver alojamentos em San Juan del Sur

 

Ilha Ometepe e Lago Nicaragua

Ilha Ometepe e Lago Nicaragua

Na minha opinião, Ometepe um destino a não perder na Nicarágua. A ilha, que tem dois vulcões, está localizada em pleno Lago Nicaragua e só chegar até lá já é uma boa aventura. Uma vez lá, é possivel fazer vários passeios, trekkings, kite surf, nadar em lagoas, etc. Há autocarros públicos que ligam as principais povoações, mas a minha recomendação é alugar uma mota e passear à volta da ilha um pouco à descoberta. Para chegar a Ometepe, tem que se apanhar um barco no porto de San Jorge, ao lado de Rivas (para Moyogalpa), ou em Granada (para Altagracia).

Ver alojamentos em Ometepe

 

Popoyo

Popoyo, Nicaragua

Popoyo é um destino de sonho para surfistas. Numa terra onde está vento offshore cerca de 300 dias por ano, com duas ondas de classe internacional a “walking distance” e com várias outras a poucos quilómetros de distância, pouco mais e pode pedir. Mas o lugar é suficientemente bonito e atrativo também para não surfistas. A minha recomendação é ficar alojado na Playa Guasacate (mais alojamentos e restaurantes) ou na Playa Santana (mais isolada e um pouco mais distante) mas, para quem tem transporte próprio, há outros sitios interessantes. Para chegar a Popoyo, tem que se apanhar um autocarro ou um táxi em Rivas.

Ver alojamentos em Popoyo

 

Granada

Granada, Nicaragua

Granada é a cidade colonial mais antiga da Nicarágua e, defendem alguns historiadores, de toda a América Central. Está localizada nas margens do Lago Nicaragua e foi fundada pelo conquistador Francisco Hernandez de Cordoba, que a baptizou com o nome da sua cidade natal em Espanha. É um dos principais destinos no país devido, sobretudo, à beleza arquitectonica das suas igrejas, casas e outros edifícios. A partir de lá, pode-se visitar o pequeno arquipélago de Las Isletas e o Vulcão Mombacho, onde é possivel fazer trekkings e relaxar em água quentes. Desde Granada também é possivel apanhar um ferry para Altagracia, na ilha de Ometepe.

Ver alojamentos em Granada

 

Manágua

Managua, Nicaragua

A capital da Nicarágua poderá ser o ponto de chegada ao país, dependendo de onde se vem. Muito viajantes simplesmente não ficam em Manágua e preferem seguir directamente para Granada, que fica apenas a cerca de 40 km de distância. A cidade é um pouco caótica e perigosa (como outras capitais centro e sul americans o são) mas, tendo tendo de sobra, é sempre um experiência enriquecedora e, com algum planeamento, há algumas coisas interessantes para ver.

Ver alojamentos em Manágua

 

Léon

Leon, Nicaragua

Léon é outra cidade colonial que concorre directamente com Granada em termos de beleza arquitectónica. Também tem muitas igrejas e edíficos antigos mas é mais agitada e cosmopolita, com muitos cafés, galerias e arte urbana, e uma boa vida nocturna. Na ausência de Manágua, é uma mini capital, digamos, que vale muito a pena visitar.

Ver alojamentos em Léon

 

Vulcão Cerro Negro

Cerro Negro, Nicaragua

Fazer Volcano Boarding no Cerro Negro é uma das actividades mais populares para quem está de visita a Léon. Eu confesso que não fui porque, depois de alguns dias a fazer surf em Puerto Sandino, aquilo não me pareceu assim tão espectacular, mas aqui á várias agência e operadoras a fazer este programa e é fácil marcar de um dia para o outro.

Puerto Sandino e Miramar

Miramar, Puerto Sandino

Puerto Sandino é um destino quase exclusivamente procurado por surfistas. Tem uma das melhores ondas do mundo mas a povoação em si não tem nada de interesante, até pelo contrário, e a praia também não é grande coisa, quando comparada com outras na Nicarágua. O melhor sítio para ficar é em Miramar, onde há alguns surf camps e restaurantes. Para chegar até lá, tem que se apanhar o autocarro que vai de Manágua para Léon (ou vice-versa) e sair no cruzamento de Izapa. Daí, apanhar o autocarro que passa para Puerto Sandino e Miramar.

Corn Islands

Corn Islands, Nicaragua

As Corn Islands (Islas del Maíz) são duas pequenas ilhas paradisíacas localizadas a cerca de 70 km da costa caribenha da Nicarágua e o local ideal para passar alguns dias a relaxar depois de explorar bem o resto do país. A cidade no continente mais próxima é Bluefields e a forma mais fácil de chegar às ilhas é de avião, desde lá ou de Manágua, mas há opções mais aventureiras de autocarro e barco.

Ver alojamentos nas Corn Islands

 

Passagem para El Salvador por Potosí e Golfo de Fonseca

fronteira nicaragua el salvador

É possível passar da Nicarágua para El Salvador de barco, atravessando o Golfo de Fonseca e evitando a penosa viagem de autocarro que atravessa as Honduras. Esta é uma travessia ainda pouco utilizada por viajantes e também por isso uma grande aventura. Para fazer este trajecto, posso recomendar a empresa Ruta del Golfo.

,

11 Responses to Destinos, roteiros e itinerários na Nicarágua

  1. Sonia justo 08/08/2016 at 10:58 #

    Acho que tens mesmo razão, a Nicarágua é mesmo uma pérola esquecida, eu nunca pensei em lá ir, não estava nos meus planos. Agora depois de ler este artigo vou reconsiderar. Obrigada pela “chamada de atenção”.

  2. Debora 08/08/2016 at 01:16 #

    Realmente a Nicarágua não é um país muito lembrado, mas é maravilhosa!! Nunca tinha visto fotos de lá mas já me apaixonei pelo lugar :)

  3. Simone Hara 07/08/2016 at 17:38 #

    Nicarágua é um pais que eu não havia cogitado viajar um dia (acho que ao menos para mim o título fez todo sentido).
    Mas ao ler o post e ver as fotos, fiquei agradavelmente surpresa. Tai uma beleza que eu não sabia que existia!
    Gosto muito de descobrir novas possibilidades de destino!

  4. Ana Christ 07/08/2016 at 15:08 #

    Ainda não tinha pensado em conhecer a Nicarágua, mas depois desse seu post passei a olhar o país com mais atenção! Eu me interessei principalmente por Ometepe! Posso ir amanhã? rsrs
    Parabéns pelo post!
    Um beijo

  5. Roadmoving 06/08/2016 at 20:29 #

    Obrigado pelas dicas André. A verdade é que este destino da América Central me chama mais a atenção que a Costa Rica, por exemplo, que imagino que estará cheia de turistas… Ainda não fui por um dos motivos que mencionas no início do artigo: a insegurança. Mas talvez agora me decida! ;-)

  6. Marlene Marques 06/08/2016 at 14:46 #

    Como deves calcular, como surfista, a Nicarágua está já há algum tempo na minha lista de locais a visitar — Olha-me só essas fotos de ondas!!! 😍 Ainda não tive oportunidade, mas já estão aqui algumas boas dicas que vou querer ter em conta! Obrigada!

  7. Lilly 06/08/2016 at 14:14 #

    Tento sempre optar para viagem não muito turisticos mesmo que hoje em dia é dificil conseguir dizer o que é e o que não é turistico. Sempre me fascinou o Nicarágua e espero conseguir visitar-lo antes das massas de turistas chegar. Apontei alguns dos teus conselhos. Obrigada ;)

  8. Susana Ribeiro 06/08/2016 at 13:39 #

    Olá André! Ótimas dicas para eu guardar para quando for visitar a Nicaragua. :D E vou querer fazer “Volcano Boarding no Cerro Negro” Eheheheh! Boas viagens!

  9. Olá André,
    Não conheço esta zona e realmente o país ainda não é muito falado. Vejo que tem imenso potencial e que vale a pena visitar.

  10. Marta Chan 06/08/2016 at 11:51 #

    André exploraste mesmo bem a Nicaragua! Gostámos tanto de San Juan Del Sur que ficámos muito mais tempo que esperado. Soube tão bem aqueles dias de praia, a relaxar.

    ostei muito do post, bem completo e informativo.

  11. Martinha Andersen 06/08/2016 at 10:14 #

    Oi André.. A Nicaragua parece ser um país encantador. Suas fotos estão lindas. Eu curto mais uma cidade, do que natureza, mas fiquei com vontade de conhecê-la com o seu roteiro. Beijos =)

Deixe o seu comentário