Kit de Viagem

irao-pais

Informação essencial para viajar no Irão

Nome oficial, localização e fuso horário

Nome oficial do país: República Islâmica do Irão
Capital: Teerão
Região: Médio Oriente
Fronteiras: Arménia, Azerbaijão e Turquemenistão a Norte; Afeganistão e Paquistão a Leste; Golfo Pérsico e Golfo de Omã a Sul; Iraque a Oeste; Turquia a Noroeste; Cazaquistão e Rússia através do Mar Cáspio.
Fuso horário: GMT +3.30

Vistos para o Irão

Tanto os cidadãos portugueses como os cidadãos brasileiros necessitam de visto para entrar no Irão, que poderá ser obtido junto das Embaixadas ou Consulados do Irão nos respectivos países, ou à chegada ao país por um dos aeroportos internacionais de Tehran, Tabriz, Shiraz, Mashhad and Esfahan (Visa On Arrival). Como há alguns relatos de pessoas a quem lhes foi negado o VoA , recomenda-se até novas indicações a obtenção prévia do visto junto às Embaixadas por uma questão de segurança. Por outro lado, os VoA têm uma validade máxima de 15 dias enquanto que os vistos de Embaixada são válidos por um período de 30 dias, podendo ainda serem extendidos por atá ao máximo de 60 dias caso necessário. Os passaportes deverão ter um prazo de validade mínimo, à data de entrada no Irão, de 6 meses.
Embaixada do Irão em Portugal
Embaixada do Irão no Brasil

Idiomas falados no Irão

A língua oficial do Irão é o Persa, existindo outras 5 línguas também faladas no país: Turco, Curdo, Baluchi, Arménio e Árabe. Até 1950 o Francês foi considerado a segunda língua do país, tendo sido substituída entretanto pela língua inglesa. Existem cada vez mais Iranianos a falarem inglês, principalmente entre as gerações mais novas.

mapa do irão

Doenças e cuidados de saúde no Irão

Atenção: Todas as informações abaixo não dispensam uma visita à Consulta do Viajante com uma antecedência de aproximadamente 4 a 6 semanas.

Para além das vacinas de rotina, que deverão estar em dia, para quem vai viajar para o Irão podem ser, adicionalmente, recomendadas as seguintes:

  • Hepatite A: uma doença transmissível através de água e comida contaminada.
  • Febre Tifóide: também transmissível através de água e comida contaminada e particularmente recomendada para quem planeia viajar por cidades mais pequenas ou zonas rurais do Irão.
  • Poliomielite: recomendada a quem planeia passar algum tempo em campos de refugiados, hospitais ou num contexto de ajuda humanitária.
  • Raiva: principalmente recomendada a quem planeia passar muito tempo em actividades exteriores como acampar, trekking, escalada, etc, a quem possa vir a passar muito tempo com animais e a crianças pequenas que tendem a brincar com animais na rua.
  • Febre Amarela: uma vacina não obrigatória para cidadãos portugueses, mas obrigatória para cidadãos brasileiros oriundos de determinadas áreas do Brasil.

A profilaxia da Malária é especialmente recomendada nas zonas rurais da província de Fars, Sistan-Baluchestan e nas zonas tropicais do Sul, das províncias de Hormozgan e Kerman. Recomenda-se o uso de Doxyciclina, Mefloquina ou Malarone.

Para informações mais detalhadas consulte o Yellow Book do Irão, do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças do Governo Americano, que é a enciclopédia que todos os médicos usam nas Consultas do Viajante.

Segurança no Irão

O Irão é considerado um país seguro para viajantes independentes e os seus habitantes são extremamente hospitaleiros. Cheguei a ler algures que 99% dos convites para tomar um chá são legítimos e sinceros. As viagens a solo pelo Irão ainda não são tão comuns como noutras zonas do mundo, pelo que os viajantes que se deslocam sozinhos poderão não ter muitas oportunidades de encontrarem outros viajantes em igual situação. As mulheres que decidam viajar sozinhas devem ter em atenção que esta é uma sociedade que aplica regras mais limitadoras ao sexo feminino, pelo que poderão ser olhadas com admiração ou desconfiança ao longo da viagem. É igualmente importante que obedeçam às regras de vestuário implementadas no país e que usem sempre um lenço na cabeça desde o momento em que saem do avião, calças largas (apesar de já se verem mulheres a usar leggings hoje em dia) e tops/túnicas largas também. Os homens poderão vestir-se da mesma forma como se vestem habitualmente à excepção do uso de calções curtos, tshirts de manga muito curta (ou sem mangas) ou roupa muito apertada.

Custos, dinheiro e cartões no Irão

A moeda oficial do Irão é o Rial Iraniano (IRR). Ver câmbio actual
Existem caixas ATM por todo o país mas apenas aceitam cartões de crédito nacionais, pelo que são inúteis para turistas. Recomenda-se, portanto, levar todo o dinheiro que necessitará durante a viagem (de preferência em Dólares, Euros, Libras ou Dirhams) e que o troque lá numa das muitas casas de câmbio oficiais (chamadas “Sarrafi”) ou num banco. Os cartões de crédito e débito internacionais nem sempre são aceites para pagamento, pelo que também não deverá contar muito com este tipo de solução. Resumindo: dinheiro vivo!

notas no irão

As gorjetas não são habituais no Irão, sendo algo opcional mas muito apreciado. Em alguns restaurantes de topo poderá ser esperada uma gorjeta de 10% para além da taxa de serviço de serviço já incluída na conta.

Alguns custos de referência:

  • Garrafa de Água pequena: 0.20 USD
  • Coca-cola pequena: 0.50 USD
  • Cerveja (sem álcool) de 0,50lt: 6.00 USD
  • Refeição barata: 5 USD
  • Táxi (bandeirada inicial): 0.50 USD

Electricidade e tomadas eléctricas no Irão

A corrente eléctrica no Irão é de 230V 50Hz.
A principal tomada eléctrica usada no Irão é a de Tipo C, de 2 pinos redondos. Os viajantes portugueses nã devrão precisar de levar um adaptador mas o brasileiros é provável que sim.

tomadas electricas irao

Telecomunicações e Internet no Irão

O indicativo internacional do Irão é o +98. É possível fazer chamadas internacionais ou domésticas em hotéis, mas a forma mais económica de o fazer passa pela aquisição de cartões pré-pagos, com créditos de 8.000 a 20.000 IRR. Estes podem ser comprados em qualquer supermercado ou stand de jornais e podem ser usados num dos vários telefones púbicos disponíveis. As chamadas internacionais têm um valor de erca 1.200 a 2.000 IRR por minuto, dependendo do país de destino, e as chamadas domésticas tem um valor de 20 IRR por minuto.

As duas principais operadoras de telemóveis no Irão: Iran Telecom (MCI) e a MTN Irancell. Para estadias mais prolongadas, de forma a reduzir custos de roaming e chamadas locais, pode ser boa ideia comprar um cartão SIM local no aeroporto ou em qualquer loja de telecomunicações

É bastante fácil aceder à internet nos vários cybercafés disponíveis no Irão, com um custo de cerca de 10.000 IRR por hora. No entanto, a maioria dos hotéis, restaurantes e cafés disponibilizam Wi-Fi. O acesso a alguns websites poderá estar bloqueado, pelo que poderá ser necessário aceder a um serviço de VPN em alguns casos.

2 Responses to Informação essencial para viajar no Irão

  1. Filipe | Alma de Viajante 17/06/2016 at 22:52 #

    Post interessante, mas as vacinas referidas são absolutamente exageradas – honestamente, não é preciso nada disso. Abraço e boas viagens

    • André Parente 18/06/2016 at 08:46 #

      “Para além das vacinas de rotina, que deverão estar em dia, para quem vai viajar para o Irão podem ser, adicionalmente, recomendadas as seguintes:”

      Podem ser, adicionalmente, recomendadas. Não foi dito sequer que as recomendamos. Apenas foram referidas algumas situações em que PODEM ser aconselhadas. No inicio do paragrafo refere que ninguém melhor que o médico para aconselhar caso a caso.

      Abraço e boas viagens

Your text Filipe | Alma de Viajante Click here to cancel reply.