Kit de Viagem

marrocos dicas

Informação essencial para viajar em Marrocos

Nome oficial, localização e fuso horário

Nome oficial do país: Reino de Marrocos
Capital: Rabat
Região: Norte de África
Fronteiras: Argélia, Mauritânia e Espanha (Algeciras e Tarifa por mar; Ceuta e Melilla por terra)
Fuso horário: GMT

Vistos para Marrocos

Os cidadãos portugueses, ou de qualquer país da União Europeia, e brasileiros não precisam de visto para estadias de turismo em Marrocos até 90 dias. Apenas precisam de apresentar passaporte com, no mínimo, 3 meses de validade.

Idiomas falados em Marrocos

A língua oficial de Marrocos é o Árabe, mas também se falam dialectos Berberes e o Francês é, genericamente, utilizado nas principais cidades e zonas turísticas. No Norte, o Espanhol também é bastante falado. O Inglês, apesar que ser uma língua “universal”, usa-se pouco e apenas em contexto eminentemente turístico. Os marroquinos têm muito jeito para línguas e é usual ouvi-los a “mandar bitaites” em qualquer idioma.

Cuidados de saúde em Marrocos

marrocos informação

Além das vacinas normais que se deve ter sempre em dia (tétano, hepatites, etc), não são necessários quaisquer cuidados de saúde especiais para viajar em Marrocos. O país está livre de febre-amarela e a malária apenas poderá estar presente em zonas rurais de província de Chefchaouen, ainda assim com um risco muito baixo e sem qualquer recomendação para profilaxia. Na minha opinião, nem vale sequer a pena ir à Consulta do Viajante mas, os mais preocupados ou com alguma condição de saúde específica, podem fazê-lo. Para obter mais informações sobre os cuidados médicos em Marrocos, podem visitar no Yellow Book, um dos sites internacionais de referência da medicina de viajantes. Clique no seguinte link para ver mais dicas sobre cuidados de saúde em viagem.

Dinheiro, cartões de crédito e onde cambiar

A moeda oficial de Marrocos é o Dirham. Ver câmbio actual
Símbolo: Dh
Código internacional: MAD

marrocos moeda dirham

O Euro, que é aceite para pagamento em muitos hotéis e riads, é a melhor moeda para se cambiar. Nas fronteiras de Ceuta e Tanger há vários balcões para trocar dinheiro, com taxas normalmente boas, e os bancos são sempre uma boa opção. Cambiar dinheiro “na rua” e em locais não autorizados é asneira e pedir para ser roubado!

Os cartões Visa Electron funcionam perfeitamente para levantar dinheiro nas caixas automáticas que, excepto em localizações mais remotas, não faltam por todo o lado. Pagar com cartão de crédito é que por vezes não é possível ou não vale a pena, uma vez que é mais ou menos usual cobrarem a famosa “taxa extra”. Regra geral, prefiro  cambiar ou levantar e pagar sempre em moeda local, excepto em compras de valor elevado e sítios com processos mais “ocidentalizados”.

A gorjeta é um hábito estabelecido e, muitas vezes, os empregados de mesa ou o próprio menu explicam que o serviço não está incluído. Nestes casos, a regra dos 10% funciona bem em todo o mundo mas, nestas coisas, eu costumo simplesmente fazer o que me apetece e o que posso na altura. Convém é andar sempre com dinheiro trocado para pagar pequenas coisas como táxis, estacionamento do carro, etc… porque parece que em Marrocos há sempre uma falta enorme de trocos! :)

Alguns preços de referência:
* Refeições: 40-50 Dh (barata); 70-80 Dh (média); 100-200 (top)
* 1,5 litros água: 6 Dh nas mercearias; 10 Dh nos restaurantes
* Gasolina: 10,5 Dh por litro
* Hotel Riad médio/bom: 60-75 Euros
* Táxi dentro da cidade: 5-15 Dh

Tomadas e corrente eléctrica em Marrocos

A corrente eléctrica em Marrocos é de 220V 50Hz e as tomadas são do tipo C e E, ambas de dois pinos redondos (estilo europeu). Ou seja, os viajantes portugueses não precisam de se preocupar com isso, mas os brasileiros poderão ter que levar um adaptador.

tomada eléctrica tomada eléctrica

Telecomunicações e Internet em Marrocos

O indicativo internacional de Marrocos é o +212. Há cabines públicas e teleboutiques espalhadas por todo o lado, por isso é fácil ter acesso a um telefone. As redes de telemóvel portuguesas têm roaming automático e também é fácil comprar um cartão pré-pago de uma das redes marroquinas (Maroc Telecom, Meditel, Inwi) para usar no nosso próprio aparelho. Esta é uma opção que eu gosto particularmente pois dá uma grande liberdade e também permite ter dados móveis e internet a todo o tempo.

A Internet tem um uso bastante generalizado e é fácil encontrar locais com WiFi gratuita, como hotéis, riads, guesthouses, restaurantes e cafés.

 
Planeie a sua viagem com estas ferramentas. Faça como eu!
Estas são as ferramentas que utilizo no planeamento e preparação das minhas viagens. Ao utilizar os links abaixo, poderá ter alguns benefícios e, ao mesmo tempo, ajuda-me a manter o blog sem pagar nada mais por isso.
Pesquisar voos
Pesquise os seus voos num agregador como o Skyscanner ou o Momondo.
Alojamento
Reserve o seu hotel, hostel ou guesthouse no Booking ou no Airbnb.
Rent-a-car
Consiga os melhores preços de aluguer de carros na Rentalcars ou na Economy Car Rentals.
Seguro de viagem
Não arrisque! Faça sempre um bom seguro de viagem com a World Nomads ou a Globelink.
Tours e bilhetes
Encontre um tour à sua medida e compre bilhetes para atracções no GetYourGuide ou no Viator.
Cartões Bancários
Poupe nas taxas de levantamentos em viagem com os cartões Revolut ou N26.
WiFi e Internet Móvel
Tenha internet ilimitada em qualquer país do mundo com o Skyroam.

Siga-me no Instagram


74 Responses to Informação essencial para viajar em Marrocos

  1. Ana 07/05/2017 at 15:07 #

    Ola boa tarde.sou portuguesa casada com um pakistanès.gostaria de saber se ele com o cartao de residência de portugal ,e com o seu passaporte do paquistao, pode viajar comigo para marrocos?obrigada

    • André Parente 07/05/2017 at 23:29 #

      Olá Ana! O melhor será contactares as entidades oficiais, nomeadamente a Embaixada de Marrocos em Portugal

  2. Helder 19/04/2017 at 00:38 #

    Boa noite.

    Estou indo pra Marrakesh agora em maio, saindo de Madrid. Será que é necessario contratar um guia, ou consigo fazer o passeio por conta propria, aproveitando volta no deserto e passar uma noite, etc.. Qual seria a vantagem custo/beneficio? Fico 5 dias, de terça a sabado.

  3. Jade Alves 18/04/2017 at 01:40 #

    Andre,

    Boa noite!

    Sempre viajo independente, mas desta vez será com guia. Minha dúvida é com relação a algumas comprinhas e custo diário médio por casal. Os preços ainda se mantém como no post? passaremos 6 dias, indo a alguns mercados públicos etc… qual o preço médio de itens regionais (decorativos, os famosos tecidos, lanternas) e mais, quanto em média se paga em gorjeta num restaurante, de acordo com o Dh?
    Na sua opinião, quanto em Euros você me recomendaria levar para o custo com estes 6 dias (exclua da sua consideração hotel, traslado/transfer, guia, café da manhã e jantar, pois todos estes itens estão inclusos)

    Muito obrigada! Jade

    • André Parente 19/04/2017 at 02:45 #

      Olá Jade!

      Não creio que os preços se tenham alterado muito… mais ou coisa, menos coisa. Quanto a gorjetas penso que está bem explicado no artigo o que é esperado e o que eu costumo fazer. Sobre os preços de produtos regionais, isso depende muito do sitio onde compras e do produto em sim… mas vai preparada para negociar muito!

      Boa viagem

Deixe o seu comentário