Kit de Viagem

Torres Petronas, Malásia

Informação essencial para viajar na Malásia

Nome oficial, localização e fuso horário

Nome oficial do país: Malásia
Capital: Kuala Lumpur
Região: Sudeste Asiático
Fronteiras: Tailândia. Fronteiras marítimas com a Indonésia, Singapura e Vietname.
Fuso horário: GMT +8

Vistos para a Malásia

Tanto os cidadãos portugueses como os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar na Malásia, desde que a estadia não exceda os 90 dias. Os passaportes deverão ter um prazo de validade mínimo, à data de entrada na Malásia, de 6 meses. Alguns sites úteis:
Turismo da Malásia
Ministério dos Negócios Estrangeiros Malásia
Embaixada de Portugal na Tailândia
Embaixada do Brasil na Malásia

Idiomas falados na Malásia

A língua oficial da Malásia é o Malaio. O inglês é uma lingua obrigatória nas escolas e é largamente usado nas grandes cidades assim como nas principais zonas turísticas do país. Existe, igualmente, um tipo de inglês coloquial chamado “Manglish”, falado essencialmente nas zonas urbanas e que consiste numa mistura de inglês, Malaio e outras linguas. O Bahasa indonésio é bastante parecido com o Malaio e falado nas zonas junto à fronteira com a Indonésia.

Cuidados de saúde na Malásia

Todas estas informações abaixo não dispensam uma visita à Consulta do Viajante com uma antecedência de aproximadamente 4 a 6 semanas.

Mapa da Malásia

Para além das vacinas de rotina, que deverão estar em dia, para quem vai viajar para a Malásia podem ser, adicionalmente, recomendadas as seguintes:

  • Hepatite A: uma doença transmissível através de água e comida contaminada.
  • Febre Tifóide: também transmissível através de água e comida contaminada e particularmente recomendada para quem planeia viajar por cidades mais pequenas ou zonas rurais da Malásia.
  • Encefalite Japonesa: recomendada para quem planeia viajar por um mês ou mais pela Malásia, principalmente por zonas rurais, sendo transmitida através da picada de um mosquito infectado.
  • Raiva: principalmente recomendada a quem planeia passar muito tempo em actividades exteriores como acampar, trekking, escalada, etc, a quem possa vir a passar muito tempo com animais e a crianças pequenas que tendem a brincar com animais na rua.
  • Febre Amarela: uma vacina não obrigatória para cidadãos portugueses, mas obrigatória para cidadãos brasileiros oriundos de determinadas áreas do Brasil.

A profilaxia da Malária é especialmente recomendada nas zonas rurais do Bornéu Malaio (províncias de Sabah e Sarawak) e nas zonas florestadas e pouco desenvolvidas do interior da Malásia peninsular, através do recurso a Mefloquina, Malarone ou Doxycyclina. Não existe qualquer risco de malária nas zonas de costa e urbanas.

Para informações mais detalhadas consulte o Yellow Book da Malásia, do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças do Governo Americano, que é a enciclopédia que todos os médicos usam nas Consultas do Viajante.

É importante ter alguns outros cuidados especiais durante a viagem pelo país, de forma a evitar eventuais complicações de saúde, como por exemplo: beber sempre água engarrafada, evitar gelo nas bebidas, comer fruta que tenha sido previamente descascada ou cozida, evitar carne e peixe crus ou mal cozinhados, etc.

Segurança na Malásia

A Malásia é um país bastante seguro, incluindo para mulheres que viajam sozinhas, sendo praticamente inexistentes os crimes violentos contra turistas. No entanto, em viagem é sempre importante tomar as habituais precauções para evitar situações menos agradáveis. Os crimes mais registados estão relacionados com roubos por esticão e pequenos furtos, que ocorrem com maior regularidade em Kuala Lumpur e Penang após o anoitecer ou em zonas menos favorecidas da cidade. É importante ter especial atenção a crimes relacionados com a clonagem uso abusivo de dados dos cartões de crédito, sendo recomendado que os use apenas em estabelecimentos reconhecidos.

Dinheiro, cartões de crédito e onde cambiar

Dinheiro da Malásia

A moeda oficial da Malásia é o Ringgit (MYR) Ver câmbio actual
Código internacional: MYR
Símbolo: RM

Existem caixas ATMs espalhadas por todas as cidades e a maioria aceita Visa, Mastercard e outros cartões, sendo um pouco mais dificil encontrá-las nas zonas rurais. É possível trocar dinheiro em praticamente todos os bancos comerciais e casas de câmbio que se encontram com bastante facilidade nas zonas turísticas, centros comerciais e aeroportos. Conseguirá uma taxa de câmbio melhor fora dos aeroportos, KL Sentral Station e hotéis. Poderá, no entanto, ser dificil trocar dinheiro fora dos principais pontos e destinos turisticos. Os cartões de crédito são aceites em praticamente todos os hotéis, restaurantes e centros comerciais.

As gorjetas não são habituais, sendo algo opcional, embora alguns restaurantes possam cobrar uma taxa de serviço de 10%.

Alguns custos de referência:
* Garrafa de água pequena: 1.30 MYR
* Lata de Coca-Cola: 2.25 MYR
* Cerveja pequena: 10.00 MYR
* Refeição barata: 8.00 MYR
* Táxi (início): 3.00 MYR

Tomadas e corrente eléctrica na Malásia

A corrente eléctrica na Malásia é de 240V 50Hz.
A principal tomada eléctrica usada na Malásia é a Tipo G, de 3 pinos grossos achatados, pelo que é essencial levar um adaptador.

Tomada Malásia

Telecomunicações e Internet na Malásia

O indicativo internacional da Malásia é o +60. Apenas alguns telefones públicos oferecem a possibilidade de realização de chamadas internacionais. Aceitam moedas ou cartões pré-pagos que podem ser adquiridos em lojas de conveniência ou em lojas da operadora nacional TM Telekom Malaysia, sendo que alguns poderão aceitar cartões de crédito internacionais.

Existem 3 operadoras de telemóveis na Malásia: a Celcom (a mais indicada caso pretenda passar algum tempo nas zonas remotas de Sabah e Sarawak), a DiGi e a Maxis. Para estadias mais prolongadas, de forma a reduzir custos, é sempre aconselhável a aquisição de um cartão SIM local no aeroporto ou em qualquer loja de telecomunicações

É bastante fácil aceder a Wi-Fi de forma gratuita em praticamente todo o lado. É cada vez mais raro encontrar cybercafés mas eles ainda existem caso necessite de acesso a um computador com valores por hora desde os RM1.00 e os RM5.00 O acesso à Internet será mais limitado (ou mesmo inexistente) nas selvas e nas áreas mais remotas da Península e no Bornéu Malaio.

,

8 Responses to Informação essencial para viajar na Malásia

  1. Isabel Guimaraes 02/10/2016 at 15:08 #

    Olá André, boa tarde! se for preciso ir de urgência para Kuala Lumpur (familiar doente sozinho lá) o que fazer? já não viajo há algum tempo e não é um destino ao virar da esquina … Obrigada!

    • André Parente 03/10/2016 at 07:22 #

      Olá Isabel! Não sei se entendo totalmente a pergunta, mas… Diria que, basicamente, é comprar o bilhete e levar passaporte com pelo menos 6 meses de validade, com explicado no artigo.

  2. Raoni Aldrich Dorim 10/08/2016 at 03:43 #

    Olá! Obrigado pelas informações! Vou fazer uma viagem de negócios com mais duas pessoas por 3 meses em Kuala Lumpur. Qual a melhor opção de taxas para reduzir os custos de conversão? Dolar X Ringgit? Real X Ringgit? Cartão Visa X ATMs? Grato, Raoni

    • André Parente 10/08/2016 at 09:52 #

      Olá Raoni. Não sei se entendi bem a pergunta… de qualquer forma não sou especialista em finanças e câmbios :) O meu conselho é trazer USDólares para cambiar e depois levantar num ATM quando for necessário. Boa viagem!

  3. Jorge Marques 28/07/2016 at 08:45 #

    Olá André,
    Obrigado pela resposta, vou dar uma olhadela pelos blogues, estou ainda indeciso entre Malásia e Vietname, embora Malásia deva ser o destino mais provável, encontrei este blog e li. Estava na dúvida devido à instabilidade religiosa do momento mas pelo que li até agora, Malásia ainda é muito segura, só desaconselham evitar a região de Sabah. Obrigado pelas dicas.

    • André Parente 28/07/2016 at 10:15 #

      Na Malásia a maioria da população é muçulmana mas há muito hindus, católicos, budistas. Apesar de em ermos de leis os muçulmanos serem beneficiados e terem mais privilégios, na rua e no dia-a-dia as religiões são bastante bem toleradas. É seguro sim! Se decidir pelo Vietnam, que aqui entre nós, eu acho que muito mais para ver e é mais interessante que a Malásia, tenho boas dicas em http://www.tempodeviajar.com/asia/vietnam/

  4. Jorge Marques 27/07/2016 at 23:50 #

    Ola, há quanto tempo foi a Malasia? Estou aa pensar ir em Novembro, ainda recomenda ir la? Tem algumas dicas? Muito obrigado.

Your text Isabel Guimaraes Click here to cancel reply.