Kit de Viagem

Ilha Phi Phi Leh, Tailândia

Destinos, roteiros e onde ir na Tailândia

Tailândia, o país dos sorrisos

A Tailândia é o país dos sorrisos. Seja em que situação for, pode-se sempre esperar um sorriso sincero do outro lado e as pessoas são geralmente muito simpáticas e alegres, sempre a fazer brincadeiras, a dizer piadas e a rir. Mais as mulheres que os homens.

O país também é famoso pelas massagens que, de facto, se vêm por todo lado, desde casas elegantes com excelentes condições até à simples esteira de palha estendida na areia da praia. Nas mãos, nos pés, na cabeça, com óleo, sem óleo, para todos os gostos… e, para os preços a que estamos habituados, muito baratas. É de experimentar todas!

É um destino formidável, seguro, num mundo com hábitos e regras diferentes do ocidental, onde a alegria as pessoas fazem toda a diferença.

Bangkok

Bangkok, Tailandia

Bangkok, a capital da Tailândia, é uma cidade espectacular que não se pode deixar de visitar. Desde as visitas aos grandes templos e monumentos até ao simples observar das pessoas em trânsito, tudo é emocionante. Há uma boa rede de transportes (metro, skytrain, tuk-tuks, barcos) que tornam muito fáceis as deslocações. O movimento dos barcos públicos no rio é incrível e vale a pena dar umas voltas e saltar de cais em cais. Dizem que o Night Market de Patpong é bom para encontrar boas carteiras de contrafacção e coisas do género, mas não posso jurar porque não gosto muito de fazer compras. Essa também é a zona mais conhecida de divertimento nocturno, com os famosos “Go-Go Bars” a explodir de loucura porta sim, porta sim. Mas disso também não sei nada… ;)

Krabi

Krabi, Tailandia

Mais do que pela cidade em si, Krabi entra nos roteiros turísticos por ser o ponto de partida para uma série de ilhas situadas na sua península, entre as quais as ilhas Phi Phi que serão, juntamente com Phuket, um dos expoentes máximos de turismo na Tailândia. Mas o próprio centro e os seus arredores (Ao Nang, Railay, Phra Nang Bay) acabam por ser muito interessantes e valem certamente uma estadia de alguns dias. Recomendo o Night Market, junto ao porto, para um cheirinho da “gastronomia de rua” tailandesa.

Ilhas Phi Phi

Ilhas PhiPhi, Tailandia

Phi Phi Don, a ilha principal onde estão os hotéis, e Phi Phi Leh, ilha desabitada que ficou na história por ter sido onde foi filmado o filme “The Beach”. São um dos destinos mais populares da Tailândia e onde não tenho intenções de voltar nesta novamente. As ilhas são lindíssimas e a paisagem é deslumbrante mas o turismo barato desenfreado conseguiu atirar isso para segundo plano. Exceptuando os resorts caros situados nos extremos isolados, a ilha é ocupada principalmente por malta nova que procura diversão, cerveja e drogas baratas. A limpeza, de um modo geral, também não é grande coisa. Há tanta gente na ilha a consumir que os sacos do lixo têm que vir para as ruas aguardar a recolha, num processo longe de ser eficiente. Para quem gosta e tem paciência para esse tipo ambiente, boas férias! Mas a minha recomendação é ir para conhecer, ficar 2 ou 3 noites e… “corda nos sapatinhos” porque há coisas melhores para aproveitar! Recomendo, no entanto, tentar encontrar e fazer o tour de dormida em Maya Bay, na Phi Phi Leh. Ver o anoitecer e acordar lá apenas com mais 10-12 pessoas na ilha é outra história.

Koh Lanta

Koh Lanta, Tailandia

Kho Lanta é uma ilha na zona de Krabi que, mesmo já tendo bastante turismo, ainda é um bom escape às massas de Phuket e das Phi Phi e onde há “espaço” para se estar relaxado e aproveitar o tempo. O melhor será ficar de Klong Nin para sul, pois quanto mais afastado de Saladam, onde fica o cais, mais calmo e tranquilo será. Recomendo alugar uma mota e percorrer a estrada costeira toda, parando nos sítios mais bonitos. Atenção aos mosquitos ao fim do dia, pedir um capacete com viseira! Kantiang Bay, a sul de Klong Nin, é uma praia lindíssima que também tem bons sítios de alojamento e ideal para ver o pôr-do-sol. Koh Lanta passou a ser um dos meus sítios preferidos na Tailândia e em todo o mundo.

Koh Jum

Koh Jum, Tailandia

Koh Jum é outra ilha da península de Krabi que parece ter parado no tempo. Não há electricidade, os barcos de turismo não atracam no cais (é um pequeno barco do um bungalow que vem buscar as pessoas ao largo) e os locais de alojamento são muito simples e básicos. É um sítio para descanso, para quem quer passar uns dias sem fazer nada para além de “lá estar”. A ilha tem uma pequena comunidade local do lado oposto à praia e aos bungalows de turismo que vale a pena visitar, mas não esquecer de voltar antes do anoitecer ou levar uma boa lanterna! Este é ainda um pequeno paraíso relativamente bem guardado na Tailândia.

Chiang Mai

Chiang Mai, Tailandia

No norte da Tailândia, a 800 km de Bangkok, Chiang Mai é uma cidade com um ambiente descontraído, templos de uma beleza indiscutível e paisagens memoráveis. É a segunda maior cidade da Tailândia e considerada a capital cultural do país. Mergulhar na selva em jangadas de bambu, ser abençoado por monges no templo de Doi Suthep, fazer massagens ao preço preço da chuva, assistir a um combate de Muay Thai é uma pequena amostra de tudo o que Chiang Mai tem para oferecer. O museu “Art in Paradise”, especializado em “Illusion Art”, é uma alternativa às actividades mais tradicionais, prometendo uma tarde bem passada e fotos memoráveis.

Koh Tao

ko tao, tailandia

Koh Tao é a ilha mais pequena do trio formado por Samui, Pha Hgan e Tao, sendo uma excelente opção em relação às outras duas, com um ambiente misto entre o upscale e o backpacker. Uma das principais actividades aqui é o mergulho ou o snorkeling, mas há muitas coisas mas para fazer, quanto mais não seja ficar o dia todo a olhar no horizonte com uma bebidinha ao lado!

Ko Pha Ngan

Ko Pha Ngan, Tailandia

Ko Pha Ngan é uma ilha no sudeste da Tailândia que ficou principalmente conhecida pelas festas “Full Moon Party”, que se realizam todos dos meses na noite de lua cheia. O centro da festa é em Sunrise Beach, pelo que esta zona é normalmente ocupada por backpackers e malta mais jovem que procura sobretudo diversão. Na zona norte da ilha, o ambiente é mais tranquilo e silencioso e as praias de areia branca e água cristalina convidam à preguiça.

Phuket

Phuket, Tailandia

Confesso que nunca fui a Phuket, provavelmente influenciado pelos relatos menos abonatórios sobre a maior e mais turística ilha da Tailândia. É um facto que a famosa praia de Patong é especialmente conhecida por oferecer um turismo de massas bastante descaracterizado, festas, álcool, prostitutas e ladyboys. Mas, também é verdade que a ilha é grande e tem muitas outras praias e actividades para explorar. Deixo ao critério de cada um! :)

 
Planeie a sua viagem com estas ferramentas
Faça como eu! Estas são as ferramentas que utilizo no planeamento e preparação das minhas viagens. Ao utilizar os links abaixo, poderá ter alguns benefícios e, ao mesmo tempo, ajuda-me a manter o blog sem pagar nada mais por isso.
Pesquisar voos
Pesquise os seus voos num agregador como o Skyscanner ou o Momondo.
Alojamento
Reserve o seu hotel, hostel ou guesthouse no Booking ou no Airbnb.
Rent-a-car
Consiga os melhores preços de aluguer de carros na Rentalcars ou na Economy Car Rentals.
Seguro de viagem
Não arrisque! Faça sempre um bom seguro de viagem com a World Nomads ou a Globelink.
Tours e bilhetes
Encontre um tour à sua medida e compre bilhetes para atracções no GetYourGuide ou no Viator.
Cartões Bancários
Poupe nas taxas de levantamentos em viagem com os cartões Revolut ou N26.
WiFi e Internet Móvel
Tenha internet ilimitada em qualquer país do mundo com o Skyroam.

Siga-me no Instagram


, , ,

49 Responses to Destinos, roteiros e onde ir na Tailândia

  1. Caio 28/07/2016 at 02:07 #

    Belo Post! Um resumão com os principais lugares. Vivo na Tailândia como nômade digital há 4 meses e devo ficar por aqui por mais um ano no mínimo!

  2. Elisabete 18/04/2016 at 12:52 #

    Bom dia qual a melhor opção para viagem familiar com 2 crianças. Preço qualidade? Qual o melhor local para crianças? Obrigada.

    • André Parente 19/04/2016 at 14:02 #

      Olá Elisabete! Desculpa mas não entendo a pergunta.
      Boas viagens!

  3. BRUNO 11/04/2016 at 11:15 #

    O titulo dessa materia deveria se chamar “onde nao ir na tailandia”…

Deixe o seu comentário