Kit de Viagem

fronteira argentina chile

Como chegar à Argentina

Desde Portugal, a opção mais económica de voos para a Argentina será, provavelmente, com a Air Europa a partir de Londres (Gatwick) ou Madrid, o que implicará uma viagem adicional até uma destas cidades. Os voos que partem de Londres fazem escala em Madrid mas o mau jeito pode compensar em termos de custo, uma vez que se poderá poupar cerca de 200 Euros. Outras alternativas que podem valer a pena pesquisar são com a LAN, Iberia ou Aerolineas Argentinas, via Madrid, ainda que nas duas últimas as condições dos aviões já deixe um bocado a desejar.

Desde o Brasil e outros países vizinhos, os itinerários aéreos mais frequentes são com a Gol, TAM, LAN ou Aerolineas Argentinas.

Pesquisar voos para a Argentina

 

Por terra também há muito boas opções para cruzar a fronteira. Os autocarros na Argentina são muito confortáveis e a maioria inclui serviço de pequeno-almoço, almoço e jantar. Há várias opções para cruzar as fronteiras com o Chile, a Bolívia, o Brasil, o Paraguai e o Uruguai e a maioria das empresas efectua estes trajectos durante a noite, o que é excelente para poupar dias de viagem e uma noite de hotel.

Convém fazer alguma pesquisa porque, se houver empresas dos países vizinhos a fazer a travessia, os preços são normalmente mais baixos. Por exemplo, entre Puerto Natales (Chile) e Ushuaia (Argentina) é mais económico utilizar uma empresa Chilena do que uma Argentina, e a qualidade do serviço é equivalente. A travessia entre a Argentina e o Chile é igualmente popular nos Andes, cruzando a cordilheira entre Mendoza (Argentina) e Santiago (Chile). Entre as duas cidades existem dezenas de autocarros diários que demoram cerca de 6-7h. Outra fronteira popular é entre Puerto Natales (Chile) e El Calafate (Argentina), sendo os autocarros também bastante frequentes tanto de um lado como do outro, embora predominem na parte da manhã. A viagem demora 5 horas. Nos últimos anos, a travessia de autocarro + barco entre Bariloche (Argentina) e Puerto Varas (Chile) também se tornou bastante popular. A viagem demora um dia inteiro pelo que deve ser começada logo de manhã cedo. Atenção que da Argentina para o Chile não se pode levar qualquer tipo de comida. Se transportar alguma coisa, declare-o. Se o fizer, não terá qualquer problema; caso contrário, se encontrarem comida na sua bagagem pode ter grandes problemas.

A travessia por terra entre a Argentina e o Brasil é bastante fácil em Puerto Iguazú e não demora mais do que 30 minutos. Aqui, é também possível atravessar para o Paraguai (Ciudad del Este), sendo que se passa pelo Brasil mas o autocarro não pára nesta fronteira.

Desde Buenos Aires, e da maioria das cidades do norte da Argentina, é possível apanhar autocarros directos para Assunção ou Conception (Paraguai), bem como para Montevideu (Uruguai). O ferry é outra opção para atravessar para Montevideu ou Colónia de Sacramiento (Uruguai) desde a capital Argentina.

Para a Bolívia, a forma mais popular de cruzar a fronteira é através de Salta, desfrutando da belíssima paisagem da Quebrada de Humahuaca.

Há imensas empresas de autocarros na América do Sul que fazem serviço internacional. Ficam os links de algumas delas e de sites que podem servir para referência e compra de passagens: Plataforma10, Omnilineas, Andesmar, Crucero del Norte, Cruz del Sur, Ormeno, Pluma Internacional, Pullman del Sur, El Rapido, Bus Sur.

,

No comments yet.

Deixe o seu comentário